Rethink Sobreposições

sobreposicoes_01Uma das grandes tendências do momento, que eu uso desde sempre e agora que é tendência vou usar mais e mais nessa virada de estação – quando começa a esfriar um pouco – é a sobreposição de peças.
Esse truque de styling pode transformar nossas peças preferidas, misturando diferentes elementos para criar um look fresh e cool.
A última temporada internacional de moda mostrou que o destaque da vez será combinações propositalmente desequilibradas, dando ênfase à tendência oversized da estação, como fez Stella McCartney, a Lanvin e a nova Balenciaga de Demna Gvasalia.

sobreposicao_03É claro que aqui no Brasil temos que adaptá-las ao clima tropical, mas dá para tirar muita inspiração no street style internacional e das Digital Influencers para criar looks usando sobreposições.

Seja para aliviar o decote de um cardigan, criar uma harmonia gráfica entre estampas da mesma padronagem ou fazer uma divertida combinação entre peças da mesma tonalidade, a técnica permite repensar o seu closet.

E o mais bacana é usar todos os tipos de combinações!

sobreposicao_02Importante é brincar com peças maxi e mini! Referências não faltam: maxi coat + pantalona encurtada, casaco tweed extra large com moletom cropped, camisa de cetim alongada com tricô na região da cintura… Sinta-se livre para se reinventar!

sobreposicoes_05

Tons claros podem ser trabalhados com peças metálicas e, mesmo assim, criar um perfume leve e delicado. Nesse meu primeiro look, a peça chave inicial foi essa calça branca de alfaiataira Lafort.

A modelagem cropped permitiu brincar com sobreposições maxi na parte superior. Optei pela dupla maxi camisa Carol Bassi + casaco de lã midi Stella McCartney.

Os metalizados ficaram por conta da blusa da Glória Coelho e da bota dourada. Esse jogo de tonalidades deu um toque mais sóbrio ao look.

Combinar peças que, aparentemente, não combinam entre si – seja pela padronagem diferente ou pelas tonalidades – pode ser uma questão de tempo.

Prova disso foi esse look com diferentes padronagens de listras que criei na temporada britânica Fall 2016: sobretudo amarelo mostarda inglês + calça striped da Topshop – camiseta Helmut Lang + colete Osklen + bota Gucci.

sobreposicoes_06Em momentos de reciclagem, é muito bom poder repensar as peças do seu closet e criar novas possibilidades!

Beijos, Alice

145 pessoas curtiram este post

Leia também:

Hotel Plaza Athénée

Hotel-Athenee_01Nos últimos dias em Paris, eu tive uma experiência única e tão especial no Hotel Plaza Athéneé, um dos endereços de maior prestígio na cidade luz!

Eu fiquei hospedada na Suite Eiffel, com direito a um binóculo para chamar de meu! A vista da torre é algo de tirar o fôlego e foi sem dúvida um dos QGs mais lindos que já fizemos no Fhits.

A cidade – que, por si só, já respira moda, tradição e romance – ganha ainda mais notoriedade quando se está no Plaza Athénée. Para começar, ele fica situado em uma das ruas mais glamorosas da Cidade Luz: a Avenue Montaigne, antigamente habitada pela elite parisiense e que hoje abriga as lojas mais luxuosas do mundo. Um endereço obrigatório para os apaixonados por moda.

Hotel-Athenee_11

Hotel-Athenee_10 Eu já tinha me hospedado no Plaza Athénée, mas antes da grande reforma feita. Eu fiquei dessa vez na parte nova do hotel. A suite toda com decoração anos 20, com madeira laqueada preta, chiquérrima.aaaaaHotel-Athenee_12 Hotel-Athenee_11O hotel fica ainda mais movimentado durante a semana de moda, recebendo importantes nomes do fashion business. É uma delícia chegar no hotel no final do dia e acompanhar a movimentação de rostos (e looks!!!) famosos com os ícones da moda internacional, além da harpa deliciosa que toca para nos encantar e entreter.Hotel-Athenee_03

Hotel-Athenee_04 Hotel-Athenee_05Hospedar-se em um lugar que respira – e inspira – moda por todos os cantos é encantadoramente apaixonante!

O serviço é impecável. O restaurante é deslumbrante e é onde se toma o café da manhã, além de ser também o restaurante do chef Alain Ducasse.

Hotel-Athenee_13O café da manhã do Plaza é um caso de amor a parte, seu suco de frutas vermelhas é meu predileto no mundo :)

Merci! Merci! Merci!

Beijos, Alice

120 pessoas curtiram este post

Leia também:

LOVE BRAND: REPETTO PARIS

repetto_01Sabe o que é uma love brand? São aquelas marcas que a gente ama de coração, marcas que sentimos uma ligação especial, que queremos sempre ter algo delas!
Elas deixam o mundo mais charmoso e interessante e seus produtos são icônicos, eternos e estilosos.
Eu tenho alguma marcas assim, como Stella McCartney, Chanel e a Repetto com certeza é uma delas!
Na minha vida ela entrou aos 15 anos quando em Paris tive o meu primeiro par.
Desde então visito sempre a loja em Paris e em qualquer país que esteja e tenho a alegria de atender a parte de comunicação deles no Brasil nos últimos anos. E, como tenho falado e usado  muuuuito Repetto nos últimos dias, fiz um post super especial sobre minha Love Brand.

Vale entender um pouco essa linda história!

repetto_03A grife francesa foi criada em 1947 em uma pequena oficina próxima à Ópera Nacional de Paris com uma coleção de sapatilhas de balé.
A ideia surgiu de Roland Petit,  coreógrafo e bailarino francês, que sugeriu a sua mãe, a italiana Rose, conhecida como Madame Repetto, a criação modelos de sapatos para dançarinas da época.

repetto_02 repetto_04 repetto_05
As primeiras peças tiveram bastante aceitação dentro e fora do grupo de dança e tornou-se item imprescindível no guarda-roupa de celebridades da época, principalmente, depois que Brigitte Bardot usou o clássico modelo ”Cendrillon”  para o filme “E Deus criou a mulher” (“Et Dieu créa la femme”), em 1956 – o que alavancou as bailarinas Repetto à fama mundial.

repetto_06
Brigitte conta a lenda que entrou na loja e pediu uma e desde então usou a vida toda.
Muito mais que a beleza das sapatilhas, a love brand é internacionalmente reconhecida pelos produtos de altíssima qualidade, respeitando o processo único de fabricação chamado “cousu retourne” – criado pela própria madame Repetto -, no qual a sola é costurada de dentro para fora, garantindo ainda mais flexibilidade aos pés. É a tradição do “savoir faire” (perícia) que resulta em um conforto incomparável.

repetto_07

E foi exatamente esse trabalho minucioso e luxuoso que chamou a atenção do cantor francês Serge Gainsbourg, que, após conhecer o projeto “Zizi” da grife (criado por Rose Pepetto para sua nora Zizi Jeanmaire), virou embaixador da marca com o seu icônico modelo branco, que ele não tirava dos pés!repetto_10

Prestes a completar 70 anos de história no ano que vem, a Repetto mantém sua tradição e sua influência no mercado internacional e ganha espaço fixo no closet de estrelas globais –masculinas e femininas – como Angelina Jolie, Sarah Jessica Parker, Mick Jagger e Scarlett Johansson.
Além das icônicas sapatilhas, a grife também trabalha com modelos metalizados e sandálias de salto com tiras amarradas que se assemelham muito às sapatilhas de ponta, acessórios e roupas – com a primeira coleção ready-to-wear lançada em 2012, inspirada no vestuário das bailarinas.
O modelo loafer preto é o favorito de Kate Moss, que todo mês retira um novo na flagship da marca em Paris.

repetto_08 repetto_09

Um trabalho único que une leveza, disciplina, qualidade e um incomparável perfume feminino em todos seus produtos, resultando em icônicas parcerias como Issey Miyake, Yohji Yamamoto, Comme des Garçons e Karl Lagerfeld.

Precisamos de mais motivos para amar?

Beijos, Alice

107 pessoas curtiram este post

Leia também: