Must know: Cursos de mídias sociais e moda na Belas Artes

1

Acompanhar os novos tempos e estudar a melhor forma de como usar a tecnologia ao nosso favor é uma das missões que precisam estar também nas salas de aula. Afinal, é um fenômeno que atinge todos e em todos os mercados de trabalho. Eu vejo que isso muda completamente a vida das pessoas. Acho muito importante ter o apoio e incentivo de professores que se dedicam a melhorar a qualidade do digital e passar o seu conhecimento para frente. Com certeza, um dos meus maiores orgulhos é ter a participação na criação do curso de Mídias Sociais Digitais do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, em 2014. É uma honra poder dizer que é a primeira graduação 100% focada em mídias sociais digitais.

Ele tem duração de dois anos e a sua finalidade é capacitar profissionais para produzir conteúdo digital, administrar redes sociais e entender quais são as necessidades de cada empresa dentro desse universo online. As boas novas é que já estão abertas as inscrições para o próximo vestibular para começar ainda este ano. As provas agendadas podem ser feitas até 30 de agosto. Neste link tem mais informações :)

O mercado digital é um dos que mais cresce no país – as empresas precisam de profissionais aptos a cuidar de suas redes sociais. Cargos como gerente de mídias digitais e diretor de mídias digitais de empresa são necessários e nenhum outro curso fornece as ferramentas para essa profissão.

As matérias passam por 5 grandes temas: Cultura e Sociedade; Mídia e Linguagem; Tecnologia Digital; Business e Direção de Arte. Dentre as matérias, vale a pena destacar o Digital branding, Digital coolhunting, Sociedade digital e Criação Visual e Multimídia.

Selecionei algumas imagens do ambiente da Belas Artes para vocês conferirem como é ter a oportunidade de estudar em uma das instituições mais tradicionais do país:

2

3

4Algumas experiências são tão enriquecedoras. Além das aulas, encontrar pessoas com os mesmos interesses e compartilhar sonhos é incrível. Melhor lugar que em um Centro Universitário não há!

214 pessoas curtiram este post

Must visit: Christian Dior, Couturier Du Rêve

1

Os dias estão lindos aqui em Paris, a semana de Alta Costura está encantadora e, consequentemente, os fashionistas estão reunidos para celebrar a moda. O momento não poderia ser mais perfeito para a Dior inaugurar a sua mega exposição de 70 anos de história. Aliás, é a maior fashion exhibition que já foi feita, com mais de 300 vestidos reunidos de diferentes períodos da grife em quase 3 mil metros quadrados no Les Arts Décoratifs, um dos museus de artes decorativas mais importantes do mundo. Com certeza, esta nasceu para ser “A” mostra mais icônica dos últimos tempos.

1

Na noite após o desfile, aconteceu a abertura da retrospectiva “Christian Dior, Couturier du Rêve”, que traz desde as criações do fundador ao trabalho dos seis designers que o sucederam – incluindo Maria Grazia Chiuri. É um sonho poder se deparar com peças criadas por Yves Saint Laurent, Marc Bohan, Gianfranco Ferré, John Galliano, Raf Simons e da atual diretora criativa. Este acervo conta com itens que nunca tinham sido apresentados antes (e que fazem parte dos arquivos da Dior Héritage), outros que vieram de outros museus, como Victoria & Albert e a Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent. Por lá, encontrei  exposto o casaco que usei na capa do meu livro “Moda à Brasileira”. É muito emocionante!

2

3É daquelas visitas que vale ficar horas e horas, olhando cada detalhe dos acessórios, o perfeccionismo dos vestidos de Alta Costura e entender como foi a evolução da maison até hoje, encontrando aqueles elementos de identidade que estão sempre nas coleções. É lindo também descobrir quais foram os toques pessoais dados por cada estilista que assumiu o cargo criativo – porque todos eles tinham as suas diferenças estéticas, mas todos estavam na direção para mostrar a sua forma de criar para a Dior.

4

Além de ter passado momentos deliciosos no museu, encontrei Maria Grazia Chiuri, que acima de tudo é musa do feminismo fashion e de quem sou fã absoluta! “Crio para uma mulher desejável e delicada, mas confiante e com força interna” – essa foi uma das suas frases ❤️.

É uma exposição imperdível! Você pode visitar até dia 7 de janeiro de 2018 – e ficar ainda mais encantada por esse universo.

209 pessoas curtiram este post

Home away from home: Hotel Le Meurice

1

Uma das experiências que mais valorizo durante uma viagem é me sentir em casa – em qualquer que seja o destino no mundo. Frequentemente, a gente acaba elegendo certas cidades e ruas preferidas, lojas que combinam com o seu estilo e restaurantes com aquele prato de deixar saudades. Durante os dias mágicos fora de casa, acho muito importante escolher a minha “home away from home”. Aqui em Paris, me sinto completamente acolhida e confortável no Le Meurice, que tem uma proposta super aconchegante e mantém o clássico dos quartos grandes, a vista deslumbrante e o serviço excepcional.

2

Me hospedei aqui no início de maio para a Semana de Moda de Paris e acho lindo admirar da janela o Jardin des Tuileries durante o inverno e o verão – até porque só basta atravessar a rua e você já está dentro dele. Além do que podemos ver por fora, o interior do hotel é elegante e discreto, que representa o verdadeiro ar parisiense. O décor dos quartos luxuosos é inspirado no estilo Louis XVI e serve de pano de fundo perfeito para o café da manhã no quarto – as minhas queridas Camila Coelho e Carol Bassi aprovaram :)

3

 

Para o breakfast, pain au chocolat, croissants, geléias, cereais, frutas frescas e sucos são algumas das tentações para começar bem o dia. Afinal, você vai precisar de muita energia para admirar e se apaixonar ainda mais por Paris. Eu já sou suspeita!

 

411 pessoas curtiram este post