Trend hits: Sabrina shoes

Arte-1
Quem acompanha o universo fashion sabe que, a cada estação, alguns acessórios são responsáveis por marcamr uma temporada. Assim como as flatforms foram o destaque dos desfiles de 2016, que trouxe o minimalismo com força total, o clássico Sabrina, que recebeu esse nome graças à personagem de Audrey Hepburn no filme “Sabrina”, vem dando o seu charme em 2017, com diversas versões, sejam elas em veludo, pelica, verniz e até tecidos.

Na Dior, o modelo com fitas no calcanhar marcou a entrada da estilista Maria Grazia Chiuri, que deu uma interpretação jovem ao sapato. Esse foi o grande boom, mas, antes dela, o Sabrina já era sucesso (principalmente pelo seu salto baixo, nas coleções de diversas shoemakers.

Arte-2

Em solo brasileiro, a designer Paula Torres já é adepta do estilo girlie do calçado e lançou modelos com laços delicados no calcanhar e biqueiras que contrastantes. Adorei o visual urbano e elegante que a Anna Carolina Bassi criou, com um mix de jeans e animal print. Se antes o Sabrina era visto em produções com saias midi e vestidos, é a vez de trazê-lo para o visual do dia a dia. E inspirações não faltam!

Arte-3

Já escolheu a sua versão preferida? Há com tachas, mistura de materias e cores e os monocromáticos.

194 pessoas curtiram este post

Party time! ELLUS – 45 anos

Arte-1

A moda brasileira tem seus nomes de sucesso que, há décadas, vêm ajudando a moldar a identidade fashion nacional. Entre elas está a Ellus, a marca que é símbolo de atitude e revolução e uma das responsáveis por criar a cultura do jeanswear Made in Brazil. Este ano, a label celebra seus 45 anos de história, com o lançamento do livro comemorativo, uma obra incrível para marcar a sua trajetória e a sua importância no nosso mercado.

Para a noite, escolhi um look completo da icônica marca. A minha inspiração para a produção conta com fortes elementos. A blusa devore com decote profundo, recorte estratégico e transparência sensual na medida; A bota plataforma de couro imprime, ainda, o conceito rocker, cool e ousado.

Arte-2

O meu F*hits team também me acompanhou! Van Duarte investiu na jaqueta de couro metalizada com vestido bordado, enquanto Helena Lunardelli elegeu o vestido preto de corte reto com aplicações de franjas.

Arte-3

Já Nicole Pinheiro mostrou o comeback do paetê em um modelo de shape reto, com barra assimétrica, enquanto a bota de cano médio envernizada arremata o visual rock’n’roll deluxe com muita atitude! Bruna Unzueta foi com seu full look preto com destaque para o couro na região do decote e gola. Amei! Um ponto moderno do seu visual foi a bolsa prateada, que foi ponto de luz perfeito.

Fico tão orgulhosa de ver marcas crescendo cada vez mais por aqui e escrevendo sua história na moda nacional. Um ótimo motivo para celebrar sempre!

208 pessoas curtiram este post

Rebecca de Ravenel – Les Bonbons

Arte-1

Sempre que eu uso eles, as pessoas elogiam e perguntam da onde são. Os brincos se chamam Les Bonbons e são da designer talentosíssima Rebecca de Ravenel, que já roubou os corações de celebridades como Selena Gomes, Lupita Nyong’o e Kate Bosworth com suas propostas divertidas e fashionistas. Afinal, eles são transformadores. Gostei tanto que tenho de diversas cores – entre azul, vermelho, dourado e prata.

Arte-2

Pensando em acessórios que podem, por vezes, ganhar título de protagonista dos visuais, os maxi brincos são a aposta certa, ainda mais se você adora prender o cabelo – e já dispensa o uso de colares, por exemplo. Enquanto as golas e decotes ficam ainda mais valorizadas quando entram em cena. A turtle neck fica ainda mais cool e sofisticada.

Arte-3

Ontem mesmo, eu fui ao almoço do lançamento da collab da Silvia Braz para a Olympiah com a camisa da coleção e os brincos vermelhos. Adorei a harmonia entre as cores da estampa, que sao pastel, e o vermelho vibrante dos Les Bonbons. Eles são perfeitos para as brasileiras, que adoram dar aquele toque alegre às produções.

Outro ponto bacana da designer é que a Rebecca viveu muitos anos em uma ponte aérea entre as Bahamas e a França. E é incrível como ela conseguiu traduzir toda essa experiência, que mistura a latinidade e os dias ensolarados bahamenses e a sofisticação francesa. Uma combinação que deu muito certo e virou desejo absoluto!

193 pessoas curtiram este post