Confortável e cool: Hering + Paula Torres

1

1

Um dos grandes presentes dos anos 90 foi a estética confortável e descolada. Quem lembra de Kate Moss saindo com camisetas de algodão – ideais para um final de semana em casa – ao lado de Johnny Depp para um late brunch? Então saiba que é hora de usar – e muito – tudo confortável, da t-shirt aos tênis e reviver o básico, mas não o “básico sem graça”, ok?

Foi pensando nisso que criei esse look com camiseta cinza mescla, um clássico do estilo “comfy” e supercool, da Hering, que, aliás, é a responsável pelo nosso básico aqui no Brasil. Veja como pequenos detalhes deste item básico transformam completamente a peça. As mangas dobradas de forma despretenciosa e as minhas iniciais na barra são transformadores. Já a calça com modelagem soltinha e tênis preto com detalhe de pompom, da Paula Torres, completam o visual com charme.

2

Na passarela, mais inspirações para acrescentar uma boa dose de cinza mescla na sua vida! Todos de forma moderna e feminina, com uma mensagem de conforto acima de tudo. Seja na alfaiataria da Boss e Stella McCartney, no match do all look de Alexander Wang e Michael Kors ou no elegantérrimo casaco de Marissa Webb. Repare no encontro também de acessórios que elevam de forma fácil a voltagem fashion do look, como as botas pretas envernizadas. Combinar com amarrações na cintura e outras peças com a mesma cor, mas de texturas diferentes, também dá outro tom ao cinza mescla. 5

Para dar um tom fashion e mostrar como as peças básicas fazem parte da vida da gente – em todos os momentos do nosso dia -, a Hering lançou uma campanha superdivertida chamada “Basicamente isso”. Cada vídeo traz o espírito jovem, ousado e animado, que é um resgate às origens da marca. Há várias histórias com a qual você pode se identificar – desde a dificuldade de acordar cedo em uma segunda-feira à comemoração de uma reunião cancelada. Aqui, escolhi a Bit Story da escada rolante, com camiseta e calça jeans, descendo os degraus no sentido contrário sem nenhuma preocupação.

beijos, alice

206 pessoas curtiram este post

Leia também:

The Dorchester London

the_dorchester_destaque

TheDorchester_01Assim como falei aqui, hospedagem é sinônimo de conforto e tradição para mim. Afinal, é o lugar onde você vai chamar de casa pelos dias que vai ficar na cidade e é preciso, literalmente, “Feel like home”.

Em Londres, oficialmente uma das minhas cidades preferidas, a atmosfera já favorece para o aconchego. Chego aqui e já me sinto em casa sem muito esforço. Entretanto, para transformar a experiência ainda mais perfeita, escolhi o Dorchester, da rede Dorchester Collection, que fica em Mayfair, muito perto do Hyde Park. Ele foi fundado em 2007 por dois irmãos, que estavam procurando uma forma de satisfazer a sua paixão pelo luxo excepcional. E, acredite, deu certo!

TheDorchester_03Desta vez, eu e o meu FHits team nos hospedamos nele durante a semana de moda inglesa. Carol Tognon, Rafa Gadelha, Rê Uchoa, Lalá Noleto e Rebeka Guerra me acompanharam em experiências incríveis, desde o café da manhã dos sonhos à The Table Lumière, “apenas” o restaurante incrível do super chef Alain Ducasse. Um momento mais especial que o outro!

TheDorchester_04

 

Lá é possível fazer parte de vários universos (todos impecáveis e únicos). Começando pelos quartos. Ao todo são 250 suítes, cada uma de acordo com a necessidade. Tem opções para pessoas que amam descobrir a cidade (e passam o dia inteiro na rua), como a Deluxe King Room, que traz muito conforto para o quarto, quanto o Harlequim Suite, que é, praticamente, uma casa, com sala de jantar, sala de estar e escritório, ideal para quem está com planos de usar o endereço por mais tempo (como alguns estilistas costumam fazer).TheDorchester_05TheDorchester_06Logo no início citei o café da manhã dos sonhos, restaurante do Alain Ducasse… mas é impressionante como existem opções para comer (muito bem!) no Dorchester. Há o Afternoon Tea, um super chá das 5 servido, sempre neste horário, no restaurante The Promenade. Para quem gosta de comida tradicional britânica, o The Grill tem uma seleção deliciosa de opções para o jantar.

TheDorchester_07 TheDorchester_08O brilho mágico (tipo conto de fadas) da cortina oval luminescente é um colírio para os olhos no The Table Lumière. Isso porque há 4.500 fibras cintilantes penduradas que caem do teto e, no encontro com a luz, cria um efeito deslumbrante. Na mesa, você encontra uma coleção de louças Hermès, talheres Puiforcat e cristais da Saint-Louis. E isso é só a introdução. A grande atração é a cozinha super refinada, mas com uma abordagem moderna, apostando no uso dos produtos sazonais. Entre os pratos-estrela estão o Sauté Gourmand de lagosta, Quenelles trufados de frango e carne seca.

TheDorchester_09
Na sequência de delícias, o spa não poderia ficar de fora! É um lugar perfeito para relaxar (começando pela decoração Art Déco dos anos 30). Entre os hghlights estão desde os pequenos detalhes, como o candelabro de pérolas do Sul-Pacífico, à série de produtos e técnicas inovadoras anti-envelhecimento da La Prairie. O spa também têm nove salas de tratamento espaçosas e com aquela vibe muito relaxante.

TheDorchester_10Não dá vontade de ir embora! E você, qual foi o detalhe que mais gostou?

Beijos, Alice

fhits_lfw

202 pessoas curtiram este post

Leia também:

Dica de viagem: New York Tourism

newyorktourism_destaque

newyorktourism_01Falo tanto da agenda cheia das semanas de moda, mas é sempre bom falar de quem está sempre por perto de mim e do meu F*hits Team. Afinal, existe uma série de checklists que, durante esses dias agitados, é uma delícia ter alguém ajudando, deixando tudo mais leve e com confiança.

Por aqui, a New York Tourism foi a parceira essencial, tanto para ajudar no booking quanto nos translados do trecho “aeroporto-hotel” e nos momentos livres, que queríamos fazer passeios pela cidade. Até porque, quem nos acompanha nas redes sociais, vê que não paramos um minuto.

newyorktourism_02E não pense que o serviço é o mesmo para todos. Cada vez que encontro o Maurílio e a Sylvia, os donos da New York Tourism, sou sempre surpreendida. Desta vez, recebi flores lindas deles no hotel, para me dar boas vindas. A trilha sonora dos passeios foi toda pensada para o meu grupo (entre as músicas estava “New York, New York”, de Frank Sinatra) e em um dos dias chuvosos na cidade, o próprio Maurílio estava lá para nos recepcionar com todo cuidado.

newyorktourism_03

Tem como não ficar confortável em uma viagem assim, sempre com alguém se preocupando com o seu bem estar? Confesso que, atualmente, acho essencial!

Beijos, Alice

fhits_newyork_fall2017

194 pessoas curtiram este post

Leia também: