The Dorchester London

the_dorchester_destaque

TheDorchester_01Assim como falei aqui, hospedagem é sinônimo de conforto e tradição para mim. Afinal, é o lugar onde você vai chamar de casa pelos dias que vai ficar na cidade e é preciso, literalmente, “Feel like home”.

Em Londres, oficialmente uma das minhas cidades preferidas, a atmosfera já favorece para o aconchego. Chego aqui e já me sinto em casa sem muito esforço. Entretanto, para transformar a experiência ainda mais perfeita, escolhi o Dorchester, da rede Dorchester Collection, que fica em Mayfair, muito perto do Hyde Park. Ele foi fundado em 2007 por dois irmãos, que estavam procurando uma forma de satisfazer a sua paixão pelo luxo excepcional. E, acredite, deu certo!

TheDorchester_03Desta vez, eu e o meu FHits team nos hospedamos nele durante a semana de moda inglesa. Carol Tognon, Rafa Gadelha, Rê Uchoa, Lalá Noleto e Rebeka Guerra me acompanharam em experiências incríveis, desde o café da manhã dos sonhos à The Table Lumière, “apenas” o restaurante incrível do super chef Alain Ducasse. Um momento mais especial que o outro!

TheDorchester_04

 

Lá é possível fazer parte de vários universos (todos impecáveis e únicos). Começando pelos quartos. Ao todo são 250 suítes, cada uma de acordo com a necessidade. Tem opções para pessoas que amam descobrir a cidade (e passam o dia inteiro na rua), como a Deluxe King Room, que traz muito conforto para o quarto, quanto o Harlequim Suite, que é, praticamente, uma casa, com sala de jantar, sala de estar e escritório, ideal para quem está com planos de usar o endereço por mais tempo (como alguns estilistas costumam fazer).TheDorchester_05TheDorchester_06Logo no início citei o café da manhã dos sonhos, restaurante do Alain Ducasse… mas é impressionante como existem opções para comer (muito bem!) no Dorchester. Há o Afternoon Tea, um super chá das 5 servido, sempre neste horário, no restaurante The Promenade. Para quem gosta de comida tradicional britânica, o The Grill tem uma seleção deliciosa de opções para o jantar.

TheDorchester_07 TheDorchester_08O brilho mágico (tipo conto de fadas) da cortina oval luminescente é um colírio para os olhos no The Table Lumière. Isso porque há 4.500 fibras cintilantes penduradas que caem do teto e, no encontro com a luz, cria um efeito deslumbrante. Na mesa, você encontra uma coleção de louças Hermès, talheres Puiforcat e cristais da Saint-Louis. E isso é só a introdução. A grande atração é a cozinha super refinada, mas com uma abordagem moderna, apostando no uso dos produtos sazonais. Entre os pratos-estrela estão o Sauté Gourmand de lagosta, Quenelles trufados de frango e carne seca.

TheDorchester_09
Na sequência de delícias, o spa não poderia ficar de fora! É um lugar perfeito para relaxar (começando pela decoração Art Déco dos anos 30). Entre os hghlights estão desde os pequenos detalhes, como o candelabro de pérolas do Sul-Pacífico, à série de produtos e técnicas inovadoras anti-envelhecimento da La Prairie. O spa também têm nove salas de tratamento espaçosas e com aquela vibe muito relaxante.

TheDorchester_10Não dá vontade de ir embora! E você, qual foi o detalhe que mais gostou?

Beijos, Alice

fhits_lfw

202 pessoas curtiram este post

Leia também:

In the Wonderland: chá das 5 no Taj 51 Buckingham Gate

taj_51_destaque

taj_51_01Como não amar um café da manhã inspirado em Alice no País das Maravilhas? Eu, a xará da personagem, me senti em um sonho.

Esta experiência lúdica acontece todos os dias, pontualmente às 5 da tarde, no hotel Taj 51 Buckingham Gate. É como entrar no buraco do coelho (da história original) e encontrar uma sala tão mágica. Fui com meu Fhits Team e passamos uma tarde muito divertida.

Tudo começa com a decoração. As louças com estampa floral miúda em porcelanas brancas, a delicadeza das porções e os bules para o chá. Impossível não se render e fazer mil fotos!

taj_51_03O The Tea Party in Wonderland tem um cardápio de bolos e doces inspirados nos personagens. São macaroons que parecem relógio de bolso, uma poção encantada de morango chamada “Drink Me”, tortas de manga chamada “Queen of Hearts” e sanduíches “finger tips” com pepino e creme de queijo em um pão de beterraba.

taj_51_04Depois de uma tarde deliciosa, não é muito difícil sair de lá com o sorriso do gato Cheshire.

Beijos, Alice

fhits_lfw

200 pessoas curtiram este post

Leia também:

Os restaurantes do Grand Hyatt Rio

restaurantes_grandhyatt_destaque

Durante a temporada em que estive no Rio de Janeiro, falei sobre a experiência incrível que tive no Hotel Grand Hyatt Rio, verdadeiro resort urbano que me encantou os olhos desde a primeira vez que conheci!

Eu já compartilhei aqui todos os destaques que fazem do Grand Hyatt Rio o melhor hotel da capital carioca, mas quero falar agora especialmente sobre os seus restaurantes, lugares que foram palcos de momentos mais que especiais pelo ambiente, mas, principalmente, pela gastronomia maravilhosa! Vamos aos detalhes :)

São três: o Tano, o Shiso e o Cantô.

restaurantes_grandhyatt_01restaurantes_grandhyatt_02A começar pela culinária italiana: o Tano tem como ponto principal a comida artesanal e fresca – com produtos orgânicos, cultivados na própria horta do restaurante – que mantém a qualidade e o frescor de alguns dos seus ingredientes.

restaurantes_grandhyatt_03

O espaço foi projetado por Arthur Casas, arquitetura brasileira, design puro, que crioua uma harmonia perfeita entre aconchego e sofisticação. Jantei vários dias e tive reuniões ótimas de negócios aproveitando o lugar.

restaurantes_grandhyatt_04

E para quem ama comida japonesa (alô, Carol Quinteiro, que comeu lá 10 dias seguidos!!), o Shiso é a gastronomia de mais alto padrão! O restaurante é comandado pela premiada chef Miriam Moriyama, vencedora do Chef Revelación 2011, do jornal chileno El Mercúrio.

restaurantes_grandhyatt_05

Miriam nasceu no Japão e foi criada na Argentina, e levou todo o know how da gastronomia de sua terra natal em importantes restaurantes do mundo. E isso não poderia ser diferente no Grand Hyatt Rio: ele conta com um cardápio maravilhoso e bem completo, isso sem contar no menu autêntico de sushi, sashimi e yakitori.

A arquitetura também é de Arthur Casas, e a decoração foi feita pelo renomado fotógrafo brasileiro Tuca Reinés, com fotos que homenageiam o diretor de cinema japonês Yasujiro Ozu.

Amei poder observar a preparação dos pratos feita pelos chefs e confirmar com os próprios olhos o respeito que eles tem com as tradições do Japão. Uma experiência gastronômica sem igual!

restaurantes_grandhyatt_06

Já o Cantô reúne toda a brasilidade de nosso país em um mesmo ambiente!

São três ambientes que unem o melhor da nossa gastronomia: da seleção de diversos petiscos aos pratos legítimos e feijoada completa!

Isso sem contar na adega deles, com os melhores rótulos do mundo, o que fizeram ganhar o prêmio de Melhor Carta de Bebidas no Prêmio da Mesa, em junho deste ano.

restaurantes_grandhyatt_07

O Cantô foi palco dos nossos eventos durante a temporada de jogos do Rio de Janeiro. Foi lá que aconteceram o coquetel de inauguração do nosso Brazil Fashion Bridge – e, também, os lançamentos das novas coleções das marcas nacionais que participaram desse projeto tão especial e que estiveram presentes na nossa Fhits Pop Up Store! Nota alta para os drinks deliciosos do Bar e aperitivos únicos!

Nada melhor do que escolher um restaurante que inspira nacionalidade (e, principalmente, o clima carioca) para abrigar eventos tão importantes para o mercado da moda do nosso país!

Apesar de culinárias diferentes, os três restaurantes trazem características que fazem parte do Grand Hyatt Rio como um todo: eles unem conforto e informalidade com a seriedade no serviço e no atendimento.

Harmonia perfeita que traz ao Rio de Janeiro uma nova proposta (e um novo olhar) de como se hospedar muito bem na Cidade Maravilhosa!

Beijos, Alice

assinatura_fhits_rio

204 pessoas curtiram este post

Leia também: