O Resort 2018 da Gucci

Destaque-1

5Entre os desfiles mais aguardados pelos fashionistas, a Gucci surpreendeu em todos os sentidos no seu Resort 2018. Após percorrer tantas cidades do mundo (da Califórnia a Kyoto), o show capitaneado pelo estilista Alessandro Michele aconteceu na Galeria Palatina do Palazzo Pitti, em Firenze, com uma atmosfera que transportava todos os convidados aos tempos renascentistas. Com direito a extravagâncias e aquele maximalismo já presente nas coleções desde que Michele assumiu a direção criativa da grife.

1

Desta vez, os vestígios do renascimento apareceram em vestidos com estampas que lembram tapeçarias, aplicações de laçarotes e tiaras com pérolas e pedrarias. Para contrastar com a estética aristocrática, Michele trouxe referências da década de 1970, como as padronagens psicodélicas e os turbantes com animal print, e jaquetas college, jeans com cós altíssimo e t-shirts com escritos, algumas trazem as variações “Gucci”,”Guccy” e “Guccify Yourself”. Um encontro da elegância de diferentes períodos com itens urbanos.

 

2O casaco de pelo e as meias com os “G”s criados pelo artista Trouble Andrew (o famoso “Gucci Ghost”) para o Inverno 2016 da marca, os bordados de flores e borboletas em shorts e cintos e os sapatos dourados voltaram à passarela como fortes símbolos da geração geeky criada por Alessandro Michele. Para arrematar o visual, detalhes nada comuns, como o óculos de grau e a sobreposição de meias (guarde este último como truque de styling para ver muito por aí!).

3

Dos mais de 110 looks, entre feminino e masculino, o vestido verde com franzidos e laços chamou muito a minha atenção. A tonalidade Greenery, cor do ano eleita pela Pantone, surgiu em um longo monocromático sofisticado e feminino. Repare nos pequenos detalhes. A gola de pelo e as pérolas contornando as linhas do rosto deixaram o visual inusitado e encantador.

4Como é bom ainda poder mergulhar nos universos criados pelas marcas. Além das roupas em si, os cenários e toda a composição do desfile são experiências de sonhar acordada. E como é delicioso poder se perder com a leveza da moda.

beijos, alice

220 pessoas curtiram este post

Red Carpet: Os melhores looks do Cannes Film Festival

5

5O red carpet mais famoso do cinema europeu balançou o mundo da moda na semana passada. A 70º edição do Festival de Cannes reuniu o alto escalão das telas e da passarela em looks incrivelmente deslumbrantes. Confesso que estava ansiosa para ver as apostas das atrizes e topmodels que frequentam a cidade durante a temporada de premiações – afinal, as temperaturas estão mais altas por lá.

1

Camadas de tule, rendas, transparências e muitos bordados foram as principais apostas das celebridades. A bela Elle Fanning, que faz parte do elenco do novo longa de Sofia Coppola, “O estranho que nós amamos”, chegou estonteante em um modelito tomara-que-caia lilás com franzido no busto Rodarte. Fiquei apaixonada pela leveza da peça. Já a modelo Sara Sampaio cruzou o tapete à bordo de um vestido branco chiquérrimo com aplicação de babados feito pelo italiano Francesco Scognamiglio. Maravilhosa como sempre, a top brasileiríssima Izabel Goulart apostou em um longo Roberto Cavalli, coberto por bordados e com alguns recortes estratégicos – repare no decote e cintura com fios em rede. Achei impecável!

2

No movimento all black, duas versões incríveis. A primeira foi da modelo Emily Ratajkowski, que desfilou com seu longo criado por Peter Dundas. No look, a mistura de renda, transparência, rede arrastão e tecido em babados volumosos. Na mesma sintonia, o tomara-que-caia preto da atriz Andie MacDowell Roberto Cavalli, trazia a transparência com muitos bordados de flores. Na onda do branco, a topmodel Lily Donaldson optou pela criação delicada e romântica de Maria Grazia Chiuri para a Dior. O visual ainda tinha dosagem certa de sensualidade!

3

All red girl! Bella Hadid surgiu elegantérrima e moderna com seu vestido vermelho, todo matelassado Dior. A peça foi apresentada na temporada de Spring 2017 e a modelo escolheu um colar Serpenti Bulgari, feito com diamantes, para arrematar o look. Amei!

4Já na gang da Saint Laurent, Anja Rubik apostou na tendência 80’s. Ela investiu no seu curtíssimo preto de veludo com ombros volumosos, que foi desfilado na temporada de Fall 2017. Sexy e cool ao mesmo tempo!

Após tantos looks, qual foi o seu preferido?

beijos, alice

206 pessoas curtiram este post

FHits Fashion Mother’s Day no Rio de Janeiro

Blog-capa

Blog-capa

Após passar por outras capitais, como Porto Alegre e Belo Horizonte, com o FHits Fashion Day, foi a vez do Rio de Janeiro. Aliás, que dias maravilhosos! É muito bom ver meu dream team reunido em uma cidade tão especial para um evento para falar de moda – e esta edição foi dedicada às mães.

Foram dois dias de evento. No primeiro, que começou com a vista deslumbrante do hotel Yoo2 Rio, que fica em Botafogo, entre o Pão de Açúcar e o Corcovado, teve a sessão de autógrafos do meu livro “Moda À Brasileira”, na flagship da Riachuelo em Ipanema. Como sempre, é uma troca de energia tão única! Adoro ouvir os comentários de quem já leu e se identifica com algum dos capítulos.

Blog-1

E quem me acompanhou desta vez foi Helena Lunardelli, Rebeka Guerra, Re Uchôa, Constanza Fernandez, e, claro, as carioquíssimas Luiza Sobral, Thereza Chammas e a dupla Mariana Reis e Fernanda Britto. Fico muito orgulhosa de apresentar a nossa nova loira do time, Carolina Jannini.

Blog-2No dia seguinte, foi a vez do Village Mall receber o FHits Fashion Mother’s Day. Como disse no início, segue a mesma ideia das outras edições, mas especial para o Dia das Mães. Cada uma das lojas teve uma seleção das nossas peças preferidas e, logo no final, aconteceu um desfile assinado pelo FHits Team com as principais tendências que identificamos, como shapes assimétricos e alongados, alfaiataria desconstruída e modelos ricos em texturas. E não poderia faltar o lançamento do meu livro a convite da label Lafort. Foi um sucesso!Blog-3

beijos, alice

306 pessoas curtiram este post