Prêmio Nobel de Literatura – Bob Dylan

bob_dylan_destaque

bob_dylan_01

Alegria ao saber quem foi o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura deste ano!

Outubro, além de outras causas, é conhecido pela anunciação de quem vai ganhar receber a premiação sueca, que sempre acontece no dia 10 de dezembro do ano – data de aniversário de Alfred Nobel, químico criador da nomeação.

Bob Dylan é o primeiro músico a receber a premiação nesta área, que geralmente homenageia escritores, poetas e outros profissionais do campo. Mas, justamente por suas canções cheias de poesias (e de reflexão), ele foi o vitorioso da vez! O seu trabalho trouxe novo olhar à música americana.

bob_dylan_02

As letras de Dylan vão muito além do que simples músicas bonitas. Elas nos fazem pensar sobre a vida e o sobre mais de um tema: religião, política, amor e sociedade.

O mais incrível é perceber como ele transmite suas mensagens de forma sensível e fácil. Toca o coração das pessoas e influencia os pensamentos de toda uma geração.

Não é a toa o seu reconhecimento mundial: em 2004 o cantor foi eleito o segundo melhor artista de todos os tempos (os primeiros foram os Beatles) e, agora, ganha um dos maiores prêmios de influenciador cultural na sociedade.

bob_dylan_03

 

bob_dylan_04

Depois da escritora Toni Morrison (em 1993), Bob Dylan é o primeiro americano a vencer o Nobel de Literatura.

Um dos artistas mais influentes da música moderna, que consegue se expressar da maneira mais perfeita que existe.

Na moda, não poderia ser diferente! Sempre com a camisa como protagonista, ele foi um dos responsáveis por criar o estilo folk, sempre com estampas xadrezes e quadriculadas, jeans e diferentes tipos de chapéus!

Um verdadeiro influenciador em sua máxima essência. Toda a minha admiração!

Beijos, Alice

225 pessoas curtiram este post

Leia também:

Get Inspired: Blazer

blazer_destaque

blazer_07Se há alguns anos atrás a alfaiataria era muito ligada ao workwear (e até mesmo às roupas masculinas), hoje ela serve de inspiração para as coleções internacionais!

blazer_01

Seja em forma de conjuntinhos (como Bottega Veneta e Louis Vuitton) ou como sobreposições de vestidos (Chanel), as passarelas mostram como um clássico pode facilmente se adaptar às tendências da estação.

blazer_02

Dentre as peças desse universo, o meu destaque vai para os blazers!

As modelagens oversized, os shapes alongados, e até mesmo os modelos com decote profundo usados como peça única (vulgo DKNY) abraçam diferentes tipos de estilos. Aliado a isso, estão as propostas diferenciadas de cada estilista para o Verão 2017.

A querida estilista e amiga Carol Bassi apostou na versão com botões frontais, responsáveis por trazer mood 70’s ao modelo, e que está disponível à venda no e-commerce carioca SHOP-LIXMIX.

blazer_06

Riccardo Tisci, por exemplo, trouxe versões utilitárias e monocromáticas, explorando o lado mais funcional da moda. A estilista britânica Phoebe Philo apostou na peça com mangas encurtadas, servindo como sobreposição da blusa turtle neck preta, em sua mais nova coleção para Céline.

Tanto para o workwear, quanto para produções mais despojadas, o blazer é uma peça curinga para trazer mais sofisticação e elegância a qualquer produção.

Em regiões do Brasil em que o clima é mais ameno (e até mesmo incerto, como São Paulo), ele é, com certeza, um item imprescindível no seu guarda-roupa!

Beijos, Alice

223 pessoas curtiram este post

Leia também:

My Choice: Coleção Egito Isabella Blanco

isabella_blanco_destaque

Isabella Blanco e seu trabalho valioso! <3

Eu já disse algumas vezes aqui no blog sobre a história da designer de joias e o seu olhar único na criação de coleções.

isabella_blanco_02

O que sempre me conquista é o toque autoral de Isabella: ela participa de todo o processo de criação, que vai desde o feeling de perceber que um objeto antigo pode virar um acessório, até o design e escolha de quais pedras irão combinar com a peça.

Dessa vez, a minha escolha foi o colar de sodalita, ouro e diamantes, da coleção Egito.

isabella_blanco_01

Por ser rente ao pescoço, ele lembra bastante o modelo choker, tão em alta nessa temporada!

O pingente em escaravelho entrou em perfeita harmonia com o meu look como um todo. A tonalidade azul marinho da blusa Loewe conversa com a elegância da gargantilha.

Os recortes na manga (trend alert da estação, que merece destaque em outro post) e os detalhes em tachas da bota cowboy da Céline trazem informação de moda na medida certa.

A pantacourt Stella McCartney, com barra encurtada, alonga a silhueta e é um ótimo truque de styling para dar mais altura.

isabella_blanco_03

Com relação ao trabalho de Isabella, muito mais do que um artigo luxuoso, seus acessórios sempre tem algo histórico e original dentro de si, já que suas joias são criadas a partir de peças antigas que Isabella encontra em antiquários e viagens ao redor do mundo. Um sentimento de individualidade tão forte e importante na moda atual.

Vale a pena conhecer as outras peças dessa coleção tão linda:

// Coleção Isabella Blanco – Egito //

isabella_blanco_04

A linha inteira traz inspirações no movimento Art Déco (dos anos 20/30) – e a conexão que isso que tem com o Egito é porque foi a época em que se descobriu a tumba de Tutankamon, o que influenciou (e muito!) a moda.

Para a coleção, elementos do país africano (como perfis de faraós, pirâmides e serpentes) ganharam entalhes em marfim, lápis-lázuli (rocha metamórfica), baquelite (resina sintética) e pasta de vidro.

Ao todo são 30 peças (anéis, brincos e colares) em ouro e prata, confeccionadas com diamantes, rubis, esmeraldas, safiras e outras pedras.

Mais uma vez, uma criação que carrega exclusividade – e que já tenho um para chamar de meu!

Desejo imediato em sua máxima essência.

Para conhecer melhor o trabalho dela, minha dica é realmente ir até o showroom da marca, que fica no Jardim Europa. Ir até lá é uma viagem ao mundo da Isabella e, com certeza, alguma peça vai te conquistar!

Beijos, Alice

214 pessoas curtiram este post

Leia também: