menucelular

fecharmenu

Top 3 Trends do QG Fhits – Parte 1

Durante a edição do QG F*hits Transformação, tivemos uma série de surpresas, principalmente, ligadas à moda. Além de conferir uma programação cheia de coleções deslumbrantes, com direito às tendências que estão em alta nos quatro cantos do globo, o nosso power team trouxe formas diferentes de usar peças, shapes, cores e materiais. É incrível como uma proposta pode se adaptar tão bem a diversos estilos e ocasiões.

Desta vez, selecionei três trend hits que marcaram os dias de evento e, com certeza, servem de fortes referências para o nosso dia-a-dia.

Na lista de grandes clássicos do guarda-roupa está, sem dúvida, a camisaria. Seja em seu formato tradicional ou com adaptações, sempre vale ter uma versão no nosso closet. Afinal, as camisas são versáteis e podem ser protagonistas de vários visuais cool. Aqui, repare como nós investimos na ideia da peça em situações completamente distintas. Entre os exemplos estão as color shirts, como a usada por Aletania, e as queridinhas da cartela neutra, com maior destaque para a camisa branca. No meu look, elegi uma opção com mangas curtas transparentes e detalhe bufante. Veja como contraste de materiais dá um certo ar fresh e muito sofisticado. Nas escolhas de Lala Noleto e Ana Clara Benevides, o modelo com gola foulard foi o ponto alto das produções. Já no outfit de Natasha Pinheiro, o foco ficou por conta das nervuras da white shirt, que se repetem nas duas laterais, dando um toque mais romântico. No movimento oposto, Helena Lunardelli criou um full look black, com brincadeira de texturas e transparências.

Entre a série de couros coloridos, uma chuva de ideias de como trazer o material para a rotina casual, seja monocromático ou com apenas uma pitada de cor. Na série “all the same color”, Claudia Bartelle mostra que o vermelho pode ser um aliado poderoso nos visuais. Com leve intervenção de branco, Aletania optou pelo amarelo na construção de uma proposta com alta dose de energia – principalmente, para quebrar a monocromia neutra do inverno.

Na sequência de one shoulders, a tendência forte dos anos 1980 – e que está cada vez mais presente nas passarelas –, maneiras incríveis de usar vestidos com a estrutura que trazem uma certa feminilidade. Exemplos? Helena Lunardelli escolheu um modelo com manga presunto, no maior ar oitentista, em tom verde. Repare em como os detalhes de assimetria na barra e amarração na cintura formam um combo moderno. Com perfume tropical, Luiza Sobral apostou na peça full printed, com tecido leve e caimento que representa aquele mood perfeito para dias ensolarados no litoral.

Após esta retrospectiva das tendências que mais marcaram o nosso QG Fhits Transformação, quais são os seus visuais preferidos? Além destes, há inúmeras referências para se inspirar e facilitar os caminhos para criar produções elegantes do seu jeito.

Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados.