menucelular

fecharmenu

Hot trend: Black&Blue

1

Tendência é um assunto, praticamente, infinito! Há tantas, que surgem toda hora. Como contei no capítulo 11 chamado “Fashion victim, fashionista e peças statement”, do meu livro “Moda à brasileira, eu já caí nas muitas armadilhas das tendências (e a gente sempre sente vontade de experimentar tudo), mas nem por isso me tornei uma vítima da moda. Isso porque, com o tempo, aprendi a adaptá-las a meu favor. Ou seja, você não precisa usar o “último grito das passarelas” se não combina com o seu estilo ou não te deixa à vontade. Se for algo, uma peça-chave, material ou tonalidade que você simpatiza, go ahead e vista da sua forma.

Um exemplo de movimento fashion que adotei e que vi muito nas passarelas e ruas foi o match de azul marinho e preto. Definitivamente, essa dupla entrou de vez na minha rotina e busquei interpretá-la de diversas maneiras. Aqui neste post, destaquei a importância de valorizar o mix de texturas e tecidos para dar um up no visual, que funciona como truque, principalmente, para produções monocromáticas. Como o azul e o preto podem seguir uma estética mais escura, vale muito apostar nisso.

A partir do momento que você compreende e ousa nas combinações, é natural brincar com as cores em outras ocasiões – do casual ao chique noturno. No meu caso, usei várias vezes e misturei malha com paetê e pantalona, all black da cabeça aos pés com bolsa azul, blusa flocada e pantacourt, alfaiataria e turtle neck… e por aí vai! As coleções de inverno foram inspiradoras e tiveram boa dose de rendas, transparências, shapes marcantes (como a jaqueta envernizada da Mugler), estampas e mescla de tecidos em uma só peça – veja o vestido azul com detalhe em couro preto.

2cNo street style, as it-girls investiram em modelagens cool, como o combo body + jeans + blazer da Camila Coelho, que dá novos ares à lingerie nas composições do dia a dia. Já Constanza Fernandez investiu na camisa e saia com fenda para um look power.

Adoro quando a moda apresenta as suas diversas facetas. Muito além de formas e cores, ela é um exercício constante de tentar se renovar, e isso pode ser uma poderosa centelha, aquela faísca que faltava para você dar o primeiro passo e mudar também.

233 pessoas curtiram este post

Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados.