menucelular

fecharmenu

Destaques da PFW: Dior, Issey Miyake, Isabel Marant e Mugler

best-of-PFW_01Um suspiro seguido de outro! Aqui em Paris, cada dia de desfiles é como se fosse uma sessão de encanto. Ainda mais por conta de algumas marcas, que contam histórias na passarela, além de mostrar apenas roupas. E isso faz toda a diferença.

Começando por Maria Grazia Chiuri, estilista da Dior, que vem apresentando propostas superfemininas, mas com mensagens fortes e com apoio ao movimento feministas que vem ganhando cada vez mais força. Após a frase “We Should all be Feminists” estampada na camiseta da sua primeira coleção desfilada em outubro do ano passado, ela levou referências do período de Segunda Guerra Mundial, como peças inspiradas nos uniformes usados por mulheres nas fábricas, boinas de couro, coturnos encontrando toda uma atmosfera delicada. Brilhos, transparências suaves em tules e organzas, peças em tafetá de seda e bordados que remetiam ao zodíaco (herança da sua mais recente Alta Costura) estavam lá, em diferentes tonalidades de azul, que marcou toda a coleção. O tricô encontrou as saias em camadas de seda, que levavam também a ideia de streetwear, muitos looks all jeans e um recado forte para a geração Millennial, que a maison francesa busca atingir.

best-of-PFW_02Já o designer Yoshiyuki Miyamae, que está à frente da Issey Miyake, apenas criou uma coleção que reproduz o efeito da Aurora Boreal. Sim, acredite! Ele conseguiu aplicar uma técnica nas roupas que, dependendo da distância e da luz que a pessoa vê, ela tem cores diferentes. Pode ser roxa, verde ou azul. Tudo por conta de um trabalho feito com fios de lã tingidos em cinco tonalidades distintas. Além disso, a modelagem impecável, as golas altas e volumosas e os shapes oversized estavam lá, combinado a diversas texturas e com esta atmosfera “tech” criada também pelas estampas ópticas.

best-of-PFW_03Isabel Marant sempre sendo Isabel Marant! Um dos desejos da temporada, com certeza, é da sua passarela. O brilho, seja pelo lurex nas meias ou nos bordados das jaquetas e aplicações no jeans, foi o toque de ousadia para dar a sua garota do inverno uma injeção de luz e, também, de romantismo. Isso por conta das modelagens com babados nas mangas da blusa, como usada por Gigi Hadid, pelos laços nas sandálias e sapatos ou no acabamento “glitterizado” na calça de alfaiataria. De olho também nestes maxi brincos – eles vão mexer com a cabeça das fashionistas!

best-of-PFW_05

Na Mugler, os anos 80 galopantes em uma estética com ombros marcados em suas diversas formas e uito brilho. As ombreiras foram as protagonistas de paletós, que surgiram em versões lisas e com o efeito degradê do preto ao prata, com detalhe de canutilhos bordados na lapela da peça, como o desfilado pela modelo Vittoria Ceretti. Já a top Carolyn Murphy entrou com uma blusa de um ombro só com manga presunto, que criava um volume estratégico na peça e dava sequência aos shapes eighties. O acetinado marinho fez um contraste cool com a calça fuseau (outro hit da década) com listras laterais que dão um ar esportivo. Os maxi casacos também marcaram presença, acompanhados de calças de couro poderosas.

Desejos para todos os estilos. Qual é o seu preferido?

Beijos, Alice

fhits_Pfw

235 pessoas curtiram este post

Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados.