menucelular

fecharmenu

O melhor da passarela | NYFW – 03

nyfw03_melhores_desfiles_01O mais incrível da semana de moda é ver como cada marca consegue trabalhar materiais, cores e shapes de maneiras diferentes. Quando você pensa que já viu todas as versões possíveis, um desfile acontece e muda tudo – inclusive a sua lista de desejos!

No caso da Carolina Herrera, vamos começar pela cartela de cores. O quarteto burgundy + marinho + nude + rosa está fortíssimo neste inverno e foi desdobrado dentro de um DNA tão coerente da marca – com delicadeza, sofisticação e um toque de modernidade. Outro trending topic entre os fashionistas é o veludo, que aparece em detalhes, como mangas, cintos ultrafinos e nos scarpins de bico fino com tiras para amarrar no tornozelo. Outra sintonia impecável foi o encontro da seda plissada com rendas em vestidos bourdoir à la anos 20, de comprimentos mídi e com direito à cintura desabada. E, falando em silhueta, a proposta da estilista foi descomplicar os shapes e deixá-los mais modernos, com destaque para as capas e longos evening dresses com aberturas que deixam os braços  à vista.

nyfw03_melhores_desfiles_02Assimetrias, mais plissados encantadores, pelos, estampas artsy e peças oversized. A dupla de estilistas Jack McCollough e Lazaro Hernandez, da Proenza Schouler, trabalharam seu inverno em cima das desproporções, da união de diferentes estruturas e em uma série de sobreposições inteligentes, levando para a passarela uma coleção para a mulher cosmopolita e destemida. Amor: os looks terrosos com interferência de preto e branco.

nyfw03_melhores_desfiles_03Já os volumosos casacos de pelo são absolutos! No Inverno 2017 de Diane von Furstenberg, tem opção para deixar cool qualquer look. Dos bicolores aos solares passando pelo azul bebê, a peça é ideal para compor produções diurnas, com direito a pantalonas de ar esportivo (repare nas listras laterais), e noturnas mais ousada, à bordo de saias transparentes de modelagem irregular.

nyfw03_melhores_desfiles_04Mais artsy! A 3.1 Phillip Lim mirou a sua criação em uma mulher frequentadora de galerias de arte. O resultado? A alfaiataria boyish (que lembra as roupas usadas pelas galeristas belgas) ganha cós alto preso com cintos em pink, preto e azul Klein. E a referência ao artista francês Yves Klein não pára por aí. Círculos, que remetem a algumas das suas obras, foram aplicados em camisetas de cavas desabadas e com barra dobrada.

nyfw03_melhores_desfiles_05Se teve um estilista que investiu seriamente no comprimento mídi, foi Prabal Gurung. Os shapes lady like dividiram o momento com silhuetas retilíneas de tricôs pesados e ricos em detalhes nas mangas – e com decote v inesperado! As tranças também enfeitaram o longo casaco usado por Bella Hadid com um maxicapuz de pelo. As tonalidades claras também são um ponto de harmonia com o que vem acontecendo nas ruas. Adorei!

E, logo mais, vem mais novidades por aí!

Beijos, Alice

fhits_newyork_fall2017

213 pessoas curtiram este post

Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados.