menucelular

fecharmenu

No, no: Pochete!

Hoje eu quis fazer um post diferente do que costumo publicar.

Eu sempre falo das tendências que eu acho que serão trend alert na temporada, que eu usaria e que, com certeza, cairia no gosto do street style.

Mas uma das apostas que eu não acredito que vai pegar é a pochete como acessório de um look sofisticado e elegante!
pochete_01Algumas grifes – como a Chanel em sua última coleção de Alta Costura – apostaram em versões super delicadas, com detalhes one-of-a-kind em pérolas e em pedrarias.

pochete_02pochete_03

Alberta Ferretti também seguiu essa linha em sua Pre Fall 2015.

Outras maisons escolheram versões mais robustas, como o couro, como Elie Saab Haute Couture e Rachel Zoe, dando um toque extra e cool em produções mais românticas.

Teve até grife que se inspirou em Bauhaus (escola de design alemã mais importantes do Modernismo) na criação diferenciada das formas do acessório, como mostrou a Kenzo em seu Verão 2016, com formas geométricas e primárias, dando um efeito artsy à bolsa.

pochete_04pochete_05Apesar de ser uma aposta forte nas catwalks internacionais – e até mesmo ser a escolha de algumas fashionistas internacionais, não acredito que a pochete será peça statement no street style aqui no Brasil.

pochete_06O nosso país é sensual, e esse acessório hit nos anos 80 (e que espero que se mantenha no passado, kkkk) não conversa com o estilo e o gosto da mulher brasileira. Ele não ressalta nenhuma feminilidade, não alonga a silhueta e não valoriza a maioria dos biotipos.

Das últimas tendências internacionais, essa é uma das que reprovo.

No, no! Não gosto e não usaria!

Beijos, Alice

185 pessoas curtiram este post

Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados.