Qual é o pente que te penteia?

titulo-cabeloPior coisa é quando o cabelo não está bom. Coloca para cá, coloca para lá. Faz o nózinho atrás com o próprio cabelo, alisa na frente, faz coque. Vai no banheiro, tenta na frente do espelho. Desiste. Fica de mau humor. Alguém já viu esse filme? Pois é. Muito ruim. Duro demais. Minar o nosso humor? Não, por favor!
Objetivo do post de hoje: evitar que esse drama aconteça. Só quem passa entende. Para as festas de final de ano, bom pensar no cabelo com o mesmo empenho que na produção. Se o cabelo está em ordem, até aquela roupa mais ou menos fica ótima e você se sente incrível. É ou não é? Bom, separei algumas imagens, onde o cabelo fala por si. Alguns penteados, você vai precisar de uma ajuda de um profissional. Tranquilo, já que a sua festa vale a pena. Outros, você mesma consegue fazer. Com vontade e tempo, dá sim para ter o cabelo do cabelereiro, em casa. (Nunca consegui, mas continuo tentando!) Tenho uma pastinha no meu computador, destinada a esse assunto tãaao relevante. Sempre que vejo uma referência boa, trato de salvar. Dá só uma olhada nessas aqui:

truque-cabelos

Joga o cabelo para cá, para lá, dá uma olhada no entorno e repara que todos estão notando: o brilho, a beleza, o penteado que realça seu rosto, sua roupa, sua beleza interior. Foca na juba, que vale a pena ;)

558 pessoas curtiram este post

Leia também:

Bi Rivetti

Este post foi criado por Bi Rivetti

Hevelyn é de São Paulo e tem dois grandes amores nesta vida: sua família e a moda. O apelido Bi vem desde a infância e é uma longa história. Apaixonada por moda desde pequena, a paixão virou profissão - trabalha na área há mais de 15 anos como estilista de uma grande confecção. Fez faculdade de moda, além de inúmeros cursos no Brasil, EUA e Europa. Uma das melhores partes de seu trabalho são as viagens para buscar tendências, traduzindo essas informações para seus clientes. Adora escrever, pesquisar e descobrir o por quê de tudo.

Um comentário sobre “Qual é o pente que te penteia?

Comments are closed.

    Blog da Alice Ferraz 2013®. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Pashion