Trend Hits: Straw

1

Quando digo que as últimas estações trouxeram formatos completamente renovados – seja em peças, detalhes ou cores -, realmente, as marcas exploraram diversas possibilidades. Uma delas é a cestaria, seja em vime, ráfia ou palha, que é tão forte aqui no Brasil durante o veraneio. Mas a inspiração veio de uma das musas da moda francesa, que não abria mão da sua it-bag até em eventos noturnos na década de 1960. Jane Birkin era adepta do cesto em tonalidade crua e sem detalhes, e combinava com jeans, vestidos fluidos e alfaiataria. Aquele estilo sem esforço e sempre elegante, que hoje está em altíssima.

Atualmente, o que se vê são misturas nada óbvias que seguem a filosofia de Birkin. O segredo é trazer o material com aparência rústica para visuais sofisticados, com tecidos leves, couros metalizados e silhuetas modernas. As it-girls estão provando que os modelos são versáteis e dão um toque French na medida.
2

Para inspirar, separei alguns exemplos de produções para diversas ocasiões – e gostos também. Há looks alegres e estampados, como nas escolhas da carioquíssima Luiza Sobral e da recifense Rebeka Guerra. A primeira optou o conjunto de calça + camisa cropped com amarração com motivos que lembram corais coloridos + a cesta em shape tradicional, enquanto a segunda elegeu o encontro das listas, sendo a blusa vermelha e a cropped pant azul + bolsa redonda com alças de corrente.

4

Já nas propostas monocromáticas, as versões de palha são ideais para criar um contraste atual e fashionista. Helena Lunardelli e Luiza Sobral acrescentaram acessórios ao all white, cheio de feminilidade e elegância. Com um vestido na tonalidade lavanda, Rebeka apostou na estética girlie e arrematou o look com a clutch – repare nos tassels na lateral! Chique!

3Para quem não dispensa um chapéu, sim, as criações clássicas em palha foram destaque nas coleções e, claro, o street style contou com várias interpretações frescas! Os shapes são os mais variados – e tem desde o maxi floppy, como visto no verão da Jacquemus, aos estruturados com ar oriental da Gucci.

Qualquer que seja a maneira, os materiais são perfeitos para adequar ao estilo da brasileira – único e cheio de bossa.

Seja o primeiro a curtir.

Beauty tips: Magic Retouch

Arte-1

A beleza prática e natural é um dos segredos dos novos tempos. Eu, que viajo bastante, sempre carrego comigo um arsenal com produtos muito precisos. Acabei de voltar da semana de arte em Miami e vi o quanto a indústria dos cosméticos está facilitando a vida de quem precisa estar com horário agendado com frequência no salão para retocar a tintura da raiz branca.

O Magic Retouch, de L’Oreal Paris, resolve – com mágica! – o problema da raiz branca crescendo. Foi uma alternativa ideal para mim. Costumo fugir de químicas pesadas para os fios e optei por fazer a manutenção dos fios brancos de mês em mês para mantê-los saudáveis. É incrível, porque, em três segundos, o spray cobre perfeitamente a região que precisa ser retocada. Além de eficaz, ele pode ser levado na bolsa, nécessaire ou até ter um em casa e outro no trabalho e está disponível em uma cartela de cinco tonalidades – do loiro ao preto.

Arte-2

Claro, ele não substitui a tingimento das madeixas inteiras, mas, com aplicações pontuais, ele pode fazer milagres. Para quem me perguntou no stories do Instagram do F*hits, ele sai super fácil com shampoo e pode ser encontrado nas principais farmácias.

É libertador ter opções que nos ajudem em determinados pontos importantes para a vida da mulher moderna. Adoro quando o mercado oferece alternativas que colaborem com as nossas necessidades e tragam resultados de qualidade.

2 pessoas curtiram este post

F*hits Art Basel x Belas Artes

2

Dias inspiradores e transformadores! Assim como as fashion weeks, a semana de arte traz inúmeros trabalhos surpreendentes e cria uma atmosfera que reúne o público intelectual, criativo e fashionistas também. Aliás, o universo artístico é uma das fontes preferidas dos estilistas e, eventualmente, nos deparamos com essa conexão nas passarelas – pense em Louis Vuitton, Prada, Dior, entre outras.

Quem acompanhou o perfil do F*hits no Instagram viu cada detalhe que vivemos na Art Basel, em Miami. Luiza Sobral, Nicole Pinheiro, Claudia Bartelle, Lalá Noleto, Helena Lunardelli me acompanharam por alguns dias, entre visitas às exposições, eventos, almoços… tudo em um cenário perfeito!

Para começar, a Orlean levou a Miami um projeto especial. Em parceria com a Belas Artes, a marca especializada em tecidos e revestimentos convidou alunos de design da instituição para desenvolver papéis de parede exclusivos – e fiquei orgulhosa em saber que a BA criou essa ponte entre o mundo acadêmico e o mercado, dando chance aos estudantes de ter uma experiência internacional. Isso é ir além! É uma visão macro!1

Outro momento delicioso foi a nossa tarde com visita guiada entre as obras na Miami Art Basel, sob olhar da editora sênior de cultura e lifestyle (e minha guru das artes) Ana Carolina Ralston, da Vogue Brasil. Nós tivemos a oportunidade de conhecer de perto cada criação – e aprendemos muito sobre cada conceito e artista.

3Para fechar com chave de ouro, uma união maravilhosa! Foi uma oportunidade de pensar em moda e design sobre um cenário de ensino e educação. Neste contexto compartilho com muita alegria que, nesta temporada, a marca brasileira Iorane apresentou uma collab inédita com a Belas Artes de São Paulo: três alunas foram selecionadas para desenvolver estampas inspiradas nas frases “Alma Solar“, “Brasilidade Pulsante” e “Energia Transformadora”. Os modelos de camisetas recebem os desenhos na parte de trás e, na frente, uma delicada frase inspirada nas artes plásticas. A minha foi criada pela aluna Marina Boaventura – e eu amei! 

Pessoas visionárias impulsionando novos nomes criativos e eventos, como a Miami Art Basel, facilitando o contato do público com trabalhos incríveis e cheios de surpresas.

2 pessoas curtiram este post