QG F*hits Phygital Experience

finalArte-2

Está chegando! É amanhã! Se preparem para o QG Fhits Phygital Experience! É uma novidade que úne o mundo digital e físico. Este ano, o nosso espaço vem totalmente repaginado. Lindo e leve, o projeto e décor tem a assinatura do arquiteto e designer Rodrigo Ohtake e o Ultraviolet é fio condutor, a cor da transformação.

Um momento especial que me enche de orgulho! Nos vemos para mais uma semana de moda, beleza, lifestyle e tudo o que o Shopping Cidade Jardim, o mais verde e fashion da cidade, pode nos oferecer. Uma semana de grandes lançamentos e conteúdo ao lado do meu time estrelado do F*hits!

E eu espero você do dia 22 a 26 de abril! Seja muito bem-vindo!

1 pessoa curtiu este post.

Trend Hits: Pinstripe

Arte-1

Clássica do guarda-roupa masculino, a risca de giz tem se mostrado um verdadeiro sinônimo de modernidade nas passarelas de Inverno 2018. A combinação de atemporalidade e elegância absoluta tem dando novos ares à alfaiataria feminina, em visuais que carregam, acima de tudo, um mix de modelagens boyish e detalhes românticos e delicados.

No Brasil, a estilista Carol Bassi saiu na frente para lançar uma versão extremamente chique. No meu visual em tons neutros, a pantacourt pants estampada foi a protagonista da composição que traz também o casaqueto de tricô, a camisa preta, mules brancas e a shopping bag em couro com textura crocodilo. A calça foi a pitada cool e sofisticada na medida.

Já nas passarelas, as versões das marcas seguiu caminhos ousados e contemporâneos. Na House of Holland, que tal usar um conjunto de tailoring com aplicações de fitas nas golas e proximidades com amarração (literal!) de uma corda na cintura? O shape das peças é solto e relativamente amplo, dando aquele ar de “roupa do namorado”. O ponto de contraste ficou por conta dos brincos longos de brilhantes. Com modelagem acinturada e ajustada, Jonathan Simkai tirou as golas do blazer e acrescentou mangas plissadas de camisa nos punhos da peça. Um toque vitoriano especial e superfeminino.

Arte-2Diferente dos looks full pinstripe (o nome original da estampa), Derek Lam escolheu o casaco com riscos mais distanciados e gola de camurça terrosa como referência setentista. Enquanto isso, Valentin Yudashkin aplicou a padronagem em um vestido assimétrico, franzido e com vários recortes, mostrando que é possível ter um formato sexy e contemporâneo ao mesmo tempo. Na coleção de Inverno 2017 da Trussardi, o conjunto de alfaiataria tem fundo marinho e encontra itens terrosos dentro da proposta comfy, como o suéter de tricô, touca com pêlo, botas com amarração e bolsa com alças tiracolo.

Uma infinidade de ideias para trazer a risca de giz para as produções de 2018. E vale brincar com elementos de diversos universos e dar novo tom à tendência.

 

218 pessoas curtiram este post

Trend hits: Animal Print

Arte-1

Marcante e queridinho das fashionistas, o animal print deixou de ser uma tendência temporal e, hoje, é considerado um item clássico do guarda-roupa feminino – assim como o “pretinho básico”.  Sucesso entre as divas do cinema da década de 1950, como Marilyn Monroe e Brigitte Bardot, e nos anos 1980, as padronagens inspiradas na pele dos animais surgem na estética tradicional e em um mix de cores inusitado. O segredo é sempre inovar!

Começando na passarela italiana, a Prada trouxe a estampa tigre em uma composição que mistura outras padronagens e detalhes na chemise. Já a Roberto Cavalli, conhecida por trabalhar sempre com versões do animal print, escolheu os traços da zebra para cobrir o trench coat de um jeito elegante e superfeminino. Na moderna Balenciaga, Demna Gvasalia investiu no motivo leopardo para a blusa, que forma um par perfeito com o jeans para um visual urbano.
Arte-2Nas coleções norte-americanas, uma sintonia forte. A cartela primária serviu de protagonista das peças que trouxeram o animal print. O amarelo foi fundo para o vestido vaporoso da Diane von Furstenberg, enquanto Tom Ford levou o vermelho para o seu look de alfaiataria oitentista. Com ton-sur-ton, Carolina Herrera usou azul na composição completa: fundo e manchas da onça. A sintonia cool ficou por conta da textura acetinada do padrão, que se destacou e criou um mix de texturas muito especial.

Entre formas tradicionais e novas, o que vale é sempre escolher o tipo que combina com você!

190 pessoas curtiram este post