Trend alert: Oversized

“Go big or go home”, dita por Victoria Beckham, foi, sem dúvida, uma das frases que mais me marcou nas últimas temporadas. É incrível como algumas estéticas são impactantes e, mesmo com aquele primeiro ar de estranhamento, acabamos nos rendendo e entendendo exatamente o quanto são elegantes e modernas na mesma medida. As peças amplas, que são clássicas de algumas marcas, como Comme des Garçons, foi importante para a década de 1980 – em meio a tantas ombreiras e roupas glam.

Nas passarelas de Inverno 2019, Carolina Herrera e Marc Jacobs apostaram fortíssimo em parkas e casacos oversized, respectivamente, em tonalidades contrastantes. Já a influencer Paulinha Sampaio apostou no visual bicolor com uma doudoune ampla.

 

Na The Row, um mix de suéter com gola turtleneck estruturadíssimo e um maxi coat minimalista, do jeito que as designers Ashley e Mary Kate Olsen adoram – e desfilam por aí. Para a Oscar de la Renta, o casaco parece ser, realmente, XXXXL. Repare nas mangas que não mostram as pontas dos dedos.

 

O estilista Tom Ford não deixou a tendência de fora do seu Inverno. Desta vez, ele apostou em uma peça com mood glacial e ampla de um jeito cool e sofisticado. Para a Monse, uma versão bicolor, com uma leve pitada esportiva na gola/capuz.

Pronta para seguir o lema de Victoria Beckham?

Seja o primeiro a curtir.

Trend alert: Teddy

Teddy bear, em inglês, significa ursinho de pelúcia ou, no mundo da moda, o casaco mais desejado do momento! Lançado pela Max Mara já há algumas temporadas, o Teddy Bear Coat foi um hit instantâneo e agora retorna para o street style com força absoluta – e versões desejo! Além de ser quentinho, o item é responsável por transformar o look sem muito esforço. Aqui, um match fashion: a minha escolha e das estrelas F🌟hits Camila Coelho e Luiza Sobral na cartela rosa que desponta como outra tendência da estação.

Além do pink, as it-girls estão apostando em opções nas tonalidades terrosas, alaranjadas, bordô e, claro, as neutras. E há diferentes formas para ele ser usado. Desde visuais monocromáticos aos que trazem a peça como ponto de contraste.

E vamos combinar? A vontade de se transformar em um “casulo” dentro de seu volume extravagante é irresistível

1 pessoa curtiu este post.

Trend alert: cetim de seda

Se há um material que está presente, absolutamente, em todas as temporadas é o cetim de seda. Conhecido por embalar peças sofisticadas, principalmente evening dresses, o material tem ganhado cada vez mais espaço na moda urbana, graças à febre boudoir, que levou o underwear para os looks do dia. Nas ruas, há quem destaque as roupas acetinadas em visuais que trazem contrastes com outros itens mais casuais, como o jeans, ou que siga com os superfemininos sleepdresses por aí.

Para a temporada de Fall 2019, uma série de marcas já mostrou sua preferência pelo tecido e apresentou propostas que seguem o “Sem Ocasião”, termo utilizado ultimamente para definir roupas que transitam entre diversos estilos e momentos. Na Priscavera, trouxe tonalidades refrescantes para a passarela, entre elas o verde menta e o coral, que surgiram em opções de alcinha ou mais fechados – com fenda! Para a Brandon Maxwell, o modelo frente única, clássico dos anos 1990, surgiu com match poderoso e brilhante, com direito a maxibrincos nada discretos. Já para Tom Ford e Dion Lee, nada de cores abertas ou com pitada fresh. O tom militar deu um toque de elegância de nível altíssimo, ainda mais em peças de shapes modernos.

Na Kate Spade, a produção com ar girlie aparece com ainda mais destaque no modelo fúcsia acinturado, com contraste de gola amarela e o combo meias + sandálias em tom avermelhado. Para a vanguardista Vetements, o longo prata faz um revival da década glam de 1980 e mostra que o brilho do acetinado é cool sim!

1 pessoa curtiu este post.